Hoje vamos abordar um tema e falar de dois plugins muito parecidos: o Download Monitor e o Simple Download Monitor. Não é apenas no nome que eles se parecem, nas funcionalidades eles também são muito parecidos.

São bem populares, cheios de recursos e de uma simplicidade absurda pela quantidade de benefícios e facilidades que proporcionam. Ambos são plugins para administrar, gerenciar e contabilizar downloads em seu site. Suas diferenças estão na quantidade de features que possuem.

Vamos tratar  dos dois, pois nem sempre o mais completo é o que melhor atende sua demanda – lembrando sempre que ter um plugin enxuto, simples e que resolva exatamente o seu problema é o ideal. Os possíveis usos desses plugins são praticamente infinitos: você pode criar um site de downloads de texturas, fotos, vetores ou qualquer outra coisa. Eu mesmo usei o Dowload Monitor quando precisei aplicar em um trabalho para download de relatórios, e para o download o usuário precisava fornecer alguns dados, como nome e email antes de receber o arquivo para download (para isso, usei o Contact Form 7, do qual já falamos, como parte da solução). Explico melhor como solucionei mais abaixo.

Simple Download Monitor

Simple Download Monitor

Simple Download Monitor

Vamos conhecer primeiro esse plugin, que é o mais completo e, com base nisso, será mais fácil entender o próximo. A escolha por qual deles você deve usar vai depender especificamente da sua necessidade.

Vamos às features:

  • Adiciona, remove e edita os downloads de forma fácil e intuitiva com uma interface simples.
  • Envio de arquivos por drag-and-drop.
  • Adiciona e administra categorias e tags de seus arquivos para download.
  • Exibição do botão de download por shortcodes, inclusive com possibilidade de estilização e configuração a partir de argumentos adicionados nesse shortcode. E sua aplicação em qualquer parte do tema.
  • Contador de downloads para cada arquivo.
  • Capacidade de definir uma quantidade máxima de downloads.
  • Acompanhamento do IP dos usuários que efetuarem download.
  • Acompanhamento de data e horário de cada download.
  • Registro de username, caso o usuário esteja logado ao site.
  • Campo para adição de thumbnail (imagem) para ilustrar o seu arquivo de download.
  • Diversos botões de download para você personalizar de acordo com o design do site.
  • Possibilidade de pesquisar e organizar seus arquivos na administração.
  • Criação de downloads privados, protegidos por senhas.
  • Exportação dos dados de registro de downloads.

E mais algumas variações dessas features.

Com isso, conseguimos perceber que o plugin veio mesmo para administrar e manter tudo organizado quando o assunto é download. Apenas com essa explicação é possível imaginar uma infinidade de cenários para aplicá-lo, e confesso que eu mesmo fico me segurando para não iniciar algum site de downloads e com apenas um plugin basicamente solucionar tudo…

Instalação e Uso

Vá em plugins/adicionar novo e instale o Simple Download Monitor ao seu site e ative. Sua tela de administração ganhará mais um menu, Donwloads:

Print Simple Donwload Monitor

Print Simple Donwload Monitor

Ao clicar em “Adicionar novo Download” (Add New), a tela é muito semelhante à tela de adicionar posts ou páginas – a única diferença é que mais abaixo o plugin adiciona alguns campos específicos. Veja o exemplo abaixo, com os campos já preenchidos:

Print Simple Donwload Monitor

Print Simple Donwload Monitor

São eles:

Upload File – Onde você seleciona e faz o upload desse arquivo para o seu site.
File Thumbnail – Onde é possível configurar uma imagem para ilustrar esse download. Esse campo tem seu preenchimento opicional.
Shortcodes – Nossos tão aliados shortcodes estão presentes aqui. O plugin gera automaticamente o shortcode necessário para exibir esse download em algum lugar do seu site.
Statistics – Onde você pode ver a quantidade de downloads feitos para esse arquivo em específico e setar um limite de downloads (offset).

Com isso preenchido, você já possui um arquivo para as pessoas baixarem em seu site. À direita há os campos categorias e tags, iguais às dos posts e que você pode usar para organizar seus arquivos.

No site, meu item de exemplo (no tema Twenty Fourteen) ficou assim:

Print do meu arquivo para Download

Print do meu arquivo para Download

Em offset, colocando um valor negativo, a contagem vai funcionar de forma regressiva.

Vamos agora conhecer o segundo plugin, o…

Donwload Monitor

Simple Download Monitor

Simple Download Monitor

Por incrível que pareça, esse plugin não possui exatamente a palavra “simples” em seu nome – mas nesse quesito, ele é!

Como comentei acima, usei esse plugin em um projeto e ele me atendeu perfeitamente, pois precisava apenas ter uma área reservada no /wp-admin para administrar os arquivos disponíveis para download e uma contabilização simples de cada um. Com isso, ainda fiz uma integração simples com o Contact Form 7 para o botão de download somente ter efeito após o preenchimento de um formulário com nome e e-mail.

Vamos às features desse plugin:

A diferença aqui é que esse plugin não possui todas as features do anterior. Uma vantagem muito interessante nesse caso é que o plugin já vem com tradução para o português (e mais de outros 10 idiomas) e é aberto para qualquer pessoa contribuir com traduções e propostas de melhorias pelo Github. O autor, Mike Jolley, criou alguns addons para o plugin, todos gratuitos à excessão de dois deles. Ainda assim, dependendo da sua necessidade e do tamanho do projeto, seria um investimento mais do que justificado. Entre os addons, temos as opções de Importer e Page Addon que cria automaticamente uma página com seus downloads. Os features de base do plugin são:

  • Adicionar, remover e editar arquivos de downloads pela interface do próprio WordPress e com uma interface simples e intuitiva igual à da administração de posts.
  • Quick, para adições rápidas de downloads, assim como em posts.
  • Controle de versão desses arquivos.
  • Organização por tags, categorias e metadados.
  • Exibição frontend com personalização por arquivos de templates.
  • Acompanhamento de downloads, que são registrados como logs.
  • Exportação desses arquivos de logs.
  • Possibilidade de criar downloads apenas para usuários logados.
  • URLs personalizáveis para os downloads.

Um exemplo de uso com Contact Form 7

Quando eu desenvolvi uma solução com esse plugin, o Download Monitor, uma necessidade do projeto era de coletar dados das pessoas que fazem esses downloads, e por dois motivos: primeiro, para inibir downloads desnecessários, tendo em vista que os arquivos se tratavam de relatórios, e segundo para criar um banco de dados com os interessados pelo assunto.

Para isso, usei uma lógica simples e que não me tomou tempo para aplicar.

Dentro do loop dos downloads, coloquei um botão para abrir um modal. E nesse modal eu coloquei um formulário com o CF7. O botão de download foi definido no CSS como display: none.

Não é a solução mais segura, mas não era esse o objetivo principal, e sim colocar uma tela intermediária entre o arquivo e o início de download.

Com isso, entra em ação o CF7. Ao criar um formulário de contato, ele exibe um campo chamado: “Configurações adicionais”. E é aqui onde é possível adicionar uma curta linha de .js para ativar uma ação ao formulário ser enviado. Veja:

on_sent_ok: $("a.download-hidden").css({ display: "block" });

Traduzindo: Ao enviar, adicione a propriedade block no elemento a.download-hidden.

Veja mais possibilidade de uso dessas configurações no CF7 aqui.

Bastidores

Por trás dos dois plugins a estrutura é muito parecida: ambos usam a estrutura de posts para gerenciar os seus downloads e as informações são adicionadas como meta dados (na tabela wp_postmeta) desses posts. Com isso, é possível abrir possibilidades para fazer loops específicos. Além disso, todos os actions e filters que conhecemos aqui no blog podem ser usados com esses downloads também e, com isso, pode-se criar um sistema de aviso de e-mails a cada download, ou mesmo agradecer a pessoa por esse download. Podemos criar alguma publicação automática a partir desses downloads – enfim, criatividade e um pouco de planejamento podem levar o seu WordPress a um novo nível!

Conclusão

Agora é colocar a mão na massa. Escolher o plugin que melhor atende às suas necessidades e monitorar seus downloads. Quem sabe não surge até mesmo uma ideia de um novo projeto para distribuir pela rede? Não esqueça de nos avisar :)