Uma das coisas mais importantes em um site é a otimização deste para sites de busca. Uma grande parte da audiência de todos os sites (a grande maioria) vem de resultados de buscas, em sua maioria do Google. Você precisa ter um bom conteúdo, um site com boa navegação, mas ele precisa aparecer e ser bem posicionado nos resultados para atrair possíveis clientes/leitores.

Chamamos a técnica de otimização de SEO, do inglês, Search Engine Optimization. Com ela, é possível destacar certas palavras-chave que serão priorizadas no conteúdo, junto com outras opções que contribuem para o bom posicionamento da página. O WordPress, por padrão, não tem um controle dedicado, mas, como sabemos, há mil e um plugins no repositório para nos ajudar.

Neste tutorial, vamos mostrar como instalar e fazer a configuração básica de um deles, o WordPress SEO by Yoast – além de dar algumas dicas para usar o painel de opções de post para melhorar seu conteúdo.

Instalando o plugin

Primeiro passo para começar o trabalho é instalar o plugin. Abra o seu painel administrativo, vá no menu Plugins, em seguida Adicionar Novo. Na página que se abre, busque por “WordPress SEO”. Selecione o “WordPress SEO by Yoast” e clique em Instalar.

wordpress-seo-by-yoast-broisler

Também é possível baixá-lo diretamente do repositório oficial do WordPress neste link. Posteriormente, envie o conteúdo do .zip para /wp-content/plugins no seu servidor, ou faça upload do arquivo .zip pelo painel administrativo.

Configurando o plugin

Agora vamos para a parte de configuração. Por si só, o plugin é fácil de ser configurado, e é bem intuitivo. Assim que o plugin for ativado, um menu chamado “SEO” é criado na lateral do painel administrativo.

wordpress-seo-by-yoast-broisler-1

Na primeira página já temos as primeiras opções, como resetar as configurações padrões, permitir rastreamento (log de plugins e temas utilizados para os desenvolvedores do plugin). Primeiramente, marque a opção “Desabilitar a parte Avançada da caixa de metadados do WordPress SEO” caso não queira que outros autores possam mudar certas opções de SEO dos posts. Em seguida, temos as Ferramentas para Webmasters, onde podemos entrar com as contas para verificação e validação do site. Caso já tenha feito isso anteriormente, pode ignorar.

wordpress-seo-by-yoast-broisler-2

No submenu Títulos & Metadados encontramos opções que vão incidir diretamente nos títulos das páginas, título esse que é exibido em destaque nos resultados de buscas no Google, Bing etc. Esta é uma parte muito importante da configuração, pois é onde se define os padrões para a geração dos títulos de seus posts e páginas.

Aqui podemos escolher qual o separador usaremos nos títulos. Por exemplo, no BlogLite usamos o divisor “|”, então, nossos títulos ficam da seguinte maneira:

Elevando o nível do WordPress com Widgets | BlogLite

Mais abaixo, temos as “Configurações meta globais para o site”, onde a marcação é opcional e depende da sua necessidade, mas normalmente nenhuma opção é marcada. Depois, encontramos o “Limpar o”, onde recomendamos que todas as caixas sejam selecionadas. Com isso, algumas metatags desnecessárias que são adicionadas no seu código fonte são removidas pelo plugin.

wordpress-seo-by-yoast-broisler-3

Já no submenu “Social”, encontramos ferramentas que permitem usufruir de recursos indispensáveis. Aqui, preenchemos os campos para configurar como os posts e páginas serão apresentados quando compartilhados em redes sociais (Facebook, Twitter, Google+). É simples de configurar, basta preencher os campos e colocar as imagens adequadas ao que se pede.

wordpress-seo-by-yoast-broisler-4

Na página “Sitemaps XML”, vamos habilitar a geração de um mapa do site em XML para que os robôs dos buscadores encontre os links de posts e páginas e suas relações de forma mais rápida e semântica. Selecione a opção “Habilite esta opção para ativar a funcionalidade de sitemap XML” caso ainda não esteja marcada. Depois, recomendamos desativar o XML para usuários, basta marcar “Desabilitar sitemap de autor/usuário”. Abaixo, há mais algumas opções, como excluir certos tipos de posts e taxonomias.

wordpress-seo-by-yoast-broisler-5

Em “Links Permanentes” podemos alterar opções relativas aos links de seus posts e páginas. A primeira opção permite remover o /category/ das URLs, recomendamos a marcação desta opção. As demais opções são auto-explicativas, recomendamos que pelo menos seja ativada a “Remover palavras de parada das slugs”, que remove certos termos da URL, deixando-a mais limpa e amigável, o que é muito importante para os buscadores.

wordpress-seo-by-yoast-broisler-6

Chegamos então às configurações de “Links Internos”. A primeira opção permite adicionar a trilha de navegação, ou também conhecida como breadcrumb. Pensando em usabilidade, é um recurso extremamente importante, permitindo que os usuários saibam em que página estão e sua hierarquia. No BlogLite, o recurso é apresentado desta maneira:

wordpress-seo-by-yoast-broisler-7

Se você ativar esta opção, precisará adicionar o seguinte código onde será exibida a trilha em seu tema, normalmente nos arquivos single.php, page.php, archive.php, category.php, tag.php.

<?php if ( function_exists('yoast_breadcrumb') ) { yoast_breadcrumb('',''); } ?>

Configurações de posts/páginas

Um dos recursos mais bacanas do plugin WordPress SEO by Yoast é o widget de opções que é adicionado ao editor de posts e páginas. Nele, podemos modificar configurações exclusivas para o post em questão, e possibilita otimizar o conteúdo com palavras-chaves específicas.

wordpress-seo-by-yoast-broisler-8

No editor de post (ou página), logo abaixo da área do conteúdo do Post, podemos ver o widget igual o acima. Note que ele é organizado com as seguintes guias: Geral; Análise da Página; Avançado; Social. Cada uma das guias é responsável por certas opções.

Começando pela Geral, temos os campos para preencher como queremos que o resultado seja exibido nos resultados de busca, e junto é mostrado uma prévia do resultado. É importante preencher todos os campos (título, meta-descrição e palavra-chave) para um melhor posicionamento da página.

wordpress-seo-by-yoast-broisler-9

Na guia Análise de Página encontramos algumas dicas para melhorar o conteúdo, e o estado que se encontra cada item. Se estiver com o marcador verde, está tudo bem; amarelo requer atenção; laranja é importante; enquanto vermelho é praticamente indispensável. A análise gerada pelo plugin auxilia muito na manutenção do conteúdo para um melhor posicionamento.

wordpress-seo-by-yoast-broisler-10

A guia Avançado é onde podemos alterar opções sensíveis, como se o post/página será indexado ou não, se será incluso no sitemap XML que citamos anteriormente, a prioridade da página e ainda podemos definir um endereço para redirecionamento. Normalmente, não alteraremos nenhuma das opções, mas caso necessite mudar algo, seja cuidadoso.

wordpress-seo-by-yoast-broisler-11

Por fim, mas ainda assim importante, temos a guia Social. Nela, há diversos campos responsáveis por determinar como este post/página será apresentado em redes sociais. Basicamente, deve-se preencher título e descrição e enviar uma imagem que represente o conteúdo.

Conclusão

O plugin WordPress SEO by Yoast é, de longe, a solução gratuita mais completa e fácil de utilizar para otimização para motores de busca (SEO) para WordPress. Dizemos que é um plugin indispensável. O tutorial teve como objetivo apresentar as opções e mostrar para que servem, mas a melhor forma de utilizar vai de acordo com seu conteúdo e necessidade. Por exemplo, alguns podem não se interessar em estar sempre configurando as opções para redes sociais. De qualquer modo, o plugin oferece ferramentas para facilitar esse trabalho.