Arquivo do blog

  • A plataforma WordPress é líder global como o CMS mais utilizado, e não é a toa. As facilidades para transformar o WordPress no gerenciador adequado para o projeto é só uma das coisas que o tornam excelentes. Quando se constrói um site, não basta hospedá-lo em um bom serviço de hospedagem WordPress e esperar por resultados, é preciso uma dedicação e conhecimento para otimizar o site para que alcance um bom posicionamento em motores de buscas (Google, Bing etc). Na grande maioria dos sites, as visitas que veem dos buscadores representam uma grande fatia da visitação total. Ok, otimizar o site é importante, mas é preciso analisar se as otimizações estão de fato gerando resultados e, claro, continuar o trabalho

    Sep 04,
  • Quando se trata de otimização de sites em WordPress, logo pensamos em um bom sistema de cache para acelerar o carregamento das páginas para os usuários. Como sabemos, o WordPress permite a instalação de diversas extensões (plugins) que trazem recursos à plataforma. Então, nesse artigo vamos falar sobre o W3 Total Cache, um plugin maravilhoso que traz ferramentas essenciais de cache para nosso site. Nota: lembramos que é um tutorial para iniciantes, portanto, não entraremos em detalhes muito técnicos, vamos apenas mostrar as configurações recomendadas para otimizar seu site WordPress. 1. Instalando o plugin Para usar o W3 Total Cache sem se preocupar com incompatibilidades ou erros, é necessário não ter nenhum outro plugin de cache instalado no WordPress, como o

    Nov 20,
  • Muita gente que trabalha com Internet ou mexe bastante com servidores já deve ter se deparado com o arquivo .htaccess. Para quem não sabe, esse arquivo é responsável por configurações no servidor Apache. O WordPress trabalha com .htaccess para melhorar diversas coisas em seu funcionamento, tais como URLs amigáveis e segurança. Hoje traremos algumas dicas úteis para usar no arquivo .htaccess do seu site. Esse arquivo normalmente está localizado na raiz do seu WordPress. Pode acontecer de não existir, bastando criar o arquivo com esse nome em um editor de texto comum e enviá-lo ao servidor. 1. Protegendo o wp-content Quando um site é atacado por um invasor, o diretório wp-content é um dos primeiros alvos. Nele estão os plugins

    Nov 10,
  • Vamos apontar hoje uma solução para um erro que é bem provável que você conheça, seja por ter acontecido em algum site seu, ou por ter acessado um site no momento em que estava com a falha. Falo do limite de memória excedida no WordPress. O primeiro momento é assustador: você acabou de instalar um plugin e a página de administração do WordPress retorna a mensagem de erro; ou pior ainda, o site inteiro exibe tal erro. É algo parecido com isso: Fatal error: Allowed memory size of X bytes exhausted (tried to allocate X bytes) Isso acontece quando uma ou mais funções precisam de mais memória do que há liberado para que sejam executadas corretamente. Esse limite de memória pode ser facilmente

    Oct 21,
  • Com o uso constante do WordPress, o banco de dados naturalmente vai de certa forma se "desgastando", por assim dizer. Com vários recursos do próprio WordPress, como as Revisões de Post, por exemplo, muita informação vai ocupando espaço e esse banco de dados vai se tornando maior. Para otimizar o banco de dados do seu blog WordPress, separamos 2 diferentes métodos, ambos fáceis. Com o primeiro, você usará uma ferramenta de otimização nativa da plataforma; enquanto com o segundo, será utilizado um plugin de otimização. Antes de tudo, vale lembrar que fazer uma cópia de segurança de todo o site e, principalmente nesse caso, exportar seu banco de dados é essencial! Devemos estar sempre prontos para o pior - caso aconteça algum erro, podemos

    Oct 06,