Nós respiramos WordPress.

Hospedagem WordPress / Hospedagem de Blogs

Hospedagem WordPress

O Guia Definitivo, Simples e Rápido para ajudá-lo a escolher uma hospedagem para seu WordPress. Sem “tecniquês” e sem enrolação.

Escolha a hospedagem pelo tamanho – Eu tenho (ou vou ter) um site:

Pequeno Médio Grande

Um pouco sobre hospedagem WordPress

Ah, o momento de hospedar o WordPress… daí pode vir o triunfo ou fracasso de um grande site ou blog!

Acredite ou não, a escolha da hospedagem para o WordPress é um passo crítico para que o seu projeto tenha um futuro. E nós sabemos muito bem disso… durante vários anos, oferecemos nosso próprio serviço de hospedagem WordPress – que, apesar da excelente reputação entre nossa seleta carteira de clientes, foi fechado para dar espaço a novos projetos desde há muito no papel.

Com isso, ganhamos a missão de pesquisar, testar, selecionar e indicar boas opções de hospedagem para todos os tamanhos de sites/blogs – do projeto com 10 acessos por dia ao mega-blog do momento com 10 milhões de acessos mensais. Não importa o tamanho: hosting é missão crítica e deve ser levado a sério sempre.

Vamos, então, à nossa lista (que está sempre sendo atualizada) das empresas de hospedagem WordPress classificadas por capacidade. Tenha em mente que alguns serviços indicados são estrangeiros. Infelizmente, ainda é difícil encontrar diversidade de serviços voltados para a plataforma WordPress no Brasil – esperamos que este cenário mude nos próximos meses!

 

Lista de serviços de hospedagem voltados para WordPress

Sites e blogs em WordPress de pequeno porte

Tipo: Hospedagem compartilhada (shared hosting)

*  a sigla cP quer dizer que a empresa usa o painel cPanel, padrão de indústria, facilitando muito o gerenciamento da conta e migrações. Altamente recomendável.

Estamos falando de instalações WordPress que recebem entre zero e 10 mil visitantes por mês. Sites que ainda estão no começo têm o luxo de poder usar serviços de custo reduzido, embora seja uma boa ideia ter o crescimento sempre em mente. Vamos às boas opções:

hostgator hospedagem WordPress

HostGator Brasil – Hospedagem WordPress – pagamento em Reais, suporte em português | cP *

É uma das maiores empresas do ramo que atua no Brasil. Filial da HostGator USA, chegou ao Brasil trazendo a mesma qualidade de serviços e suporte pelo qual é conhecida no exterior. Eleita por vários sites de autoridade como a melhor empresa de hospedagem do Brasil há vários anos.

HostGator USA – pagamento em dólares, suporte em inglês – use o cupom BLOGLITEWORDPRESS e pague apenas $0.01 no primeiro mês! (plano Baby). Uma das maiores e mais conceituadas empresas de hospedagem do mundo, conhecida pela qualidade dos serviços e do suporte.

asmallorange hospedagem para wordpress

A Small Orange – pagamento em dólares, suporte em inglês  | cP

Uma opção muito interessante para instalações pequenas.

 

Sites e blogs em WordPress de médio porte

Tipo: WordPress Hosting e VPS (servidor virtual)

Se o seu site já recebe entre 10.000 e 100.000 visitantes por mês, chegou a hora de buscar soluções mais robustas para garantir que ele vá ficar no ar em períodos de pico de visitas ou crescimento sustentado. Duas categorias já aparecem aqui: hospedagens específicas para WordPress (que oferecem suporte dedicado à plataforma) e servidores virtuais (VPS), que nada mais são do que hospedagens compartilhadas com uma parcela mais generosa de recursos (menos contas/servidor, memória RAM garantida, etc). Vejamos:

WiredTree VPS WordPress Hosting

WiredTree – VPS Pure SSD – pagamento em dólares, suporte em inglês (topo de linha, por sinal)  | cP

 

Pagely hospedagem especializada em WordPressPage.ly – planos Business e Professional – pagamento em dólares, suporte em inglês

 

 

Sites e blogs em WordPress de grande porte

Tipo: VPSs robustas, servidores dedicados e cloud computing

Opa… você chegou ao seleto clube de sites e blogs de alto tráfego… sem problemas! Há excelentes opções para hospedar WordPress de alto tráfego com desempenho e escalabilidade. Vejamos:

WiredTree VPS WordPress Hosting

WiredTree – servidor dedicado com SSD  | cP

 

Amazon Web Services – para usuários muito avançados, pois não há suporte gratuito

 

wpvip

WordPress.com VIP – para quem tem muito orçamento à disposição! (sim, o preço é A PARTIR de $5000/mês + $15.000 de setup + a partir de $2000/mês para suporte + eventuais adicionais – e ainda assim tem um monte de limitações quanto ao uso de plugins! Mas, hey, se você chegou nesse nível, provavelmente é uma empresa com orçamento para esse tipo de solução…)

 

O que buscar em uma hospedagem voltada para WordPress?

Algumas características específicas ao observar quando estiver escolhendo um serviço de hospedagem para a plataforma:

Hospedagem compatível com WordPress  Infraestrutura compatível

O mínimo pedido pela equipe de desenvolvimento do WordPress é que você use um servidor Linux, com PHP 5.2.4 ou superior, MySQL 5.0 ou superior e módulo mod_rewrite do Apache ativado. Não faz ideia do que sejam essas coisas? Bom, todos os serviços da lista do nosso guia cumprem esses requisitos, então não é preciso se preocupar.

Servidor rápido para WordPress

 Servidores rápidos e proporcionais às suas necessidades

O serviço de hospedagem deve oferecer servidores ágeis e, no caso de planos compartilhados (shared hosting), que não sejam sobrecarregados com muitos clientes por máquina. O WordPress exige muito mais processamento e memória que um site estático em HTML, por exemplo, e mesmo comparado a outras plataformas. Além disso, escolha um plano de hospedagem que se adequa às suas necessidades de tráfego – é por isso que separarmos o guia acima em três categorias, relativas a três perfis de necessidade. Você vai perceber que, dentro de cada categoria, as empresas fornecem também um gradiente de planos. Assim, dentro da categoria de VPS, há diversos planos que atendem de forma crescente às suas necessidades.

Suporte para WordPress

 Suporte atencioso e especializado

Essa parte é muito importante: você vai precisar de suporte um dia. Não importa seu nível de conhecimento ou disposição em aprender a lidar com problemas. Até porque há casos em que você fica de mãos atadas, como quando há problemas no nível do servidor que só um analista de suporte da empresa pode resolver. Por isso, é essencial que o suporte técnico do serviço de hospedagem para WordPress seja bem treinado, atencioso e disposto a ajudar. Todas as empresas acima são conhecidas por prestarem suporte excelente (observe que, no caso da Amazon, esse suporte é pago à parte).

Migracao WordPress

 Migração gratuita ou assistida como adicional

Esse é um bônus (que a maioria dos serviços acima oferece, a propósito) que pode ser uma verdadeira mão na roda. Ter a equipe de suporte cuidando da migração gera uma economia de tempo enorme. Mas atenção: em casos de instalações WordPress muito grandes ou caso a hospedagem antiga não use em um painel de controle específico (como o cPanel), a migração pode não estar coberta. Considere isso uma cortesia, e lembre-se de que migrações são processos que podem tomar horas de um analista de suporte. Se o seu caso for delicado (site grande e muito visitado, ecommerce, etc), busque a ajuda de um profissional para a migração (com o devido orçamento).

Dúvidas?

Essas são sugestões com base em nossa extensa experiência com a plataforma. A melhor hospedagem WordPress é, no fim das contas, a que atende melhor às suas necessidades e ao seu perfil. Você tem dúvidas ou sugestões? Não tem certeza sobre qual categoria de hospedagem seu site ou blog em WordPress precisa? A discussão continua nos comentários abaixo! Você também pode entrar em contato com nossa equipe editorial e pedir uma sugestão baseada no seu caso específico.

23 Comentários

Comente!
  1. Abdo

    Alex,

    Bom dia, muito obrigado por compartilhar tantas informações.

    Encontrei suas publicações e gostaria de tirar a algumas duvidas.

    Tenho um site em WordPress e esta nos EUA, fiz os testes pela pagina que voce recomendou pelo Google, sem um CDN (maxcdn) deu uma taxa de 25/100 e quando ligo o CDN vai a 76/100.

    Fiquei impressionado com isso, seria o caso de usar uma CDN, a Maxcdn é paga, o que você recomendaria neste momento, meu negocio ainda é muito pequeno.

    Uma duvida que sempre tive é se hospedar aqui no Brasil, acha que isso iria melhorar o acesso ?

    Existe alguma forma de replicar o site em servidores no Brasil sem ser através do uso de cache tipo CDN ?

    Obrigado

    1. Alex

      Olá, Abdo! Usar uma CDN é sempre uma boa ideia, independente do tamanho do seu site! Uma forma fácil (e, surpreendentemente, gratuita) de começar é usar o CloudFlare. Trata-se de uma CDN com um plano grátis e que também inclui serviços de otimização diferenciados – além de uma camada extra de segurança contra ataques. É muito fácil de implementar e usar! Recomendo fortemente testar esse serviço antes de partir para uma CDN paga, que vai ser útil quando seu site tiver um volume de acessos maior.

      Quanto a hospedar no Brasil: sim, o acesso para brasileiros vai ser inevitavelmente mais rápido, já que a rota dos dados é menor. Ainda assim, com um site otimizado e com CDN, a diferença pode ser imperceptível.

      1. abdoabdala

        Bom dia Alex, Obrigado por sua sugestão. Eu instalei a versão free do Cloudflare, não conhecia e achei muito bom. Tinha testado antes o MaxCDN. Agora estou atrás de alguém que pudesse colocar meu wordpress dentro do S3 da Amazon aqui em SP. Se por acaso souber de alguém e puder me indicar ficaria grato. Obrigado

  2. Humberto Degenaro

    Olá, bom dia.

    Atualmente possuo uma hospedagem na Rackspace de 2GB com discos SSD. Como pago em dólar, minha hospedagem gira em torno de 300 reais/mês. Meu site é pequeno e possui em média de 2000 mil visitações. Você acredita que eu pagaria mais barato na Amazon com a mesma configuração?

    1. Alex

      Olá, Humberto! Você vai ter melhor desempenho e um suporte incomparável se optar pela WiredTree para a mesma configuração (cerca de $69). Eles são topo de linha, e gerenciam o servidor. A Amazon oferece boa plataforma, mas zero suporte (muito menos gerenciamento). Um VPS 2000 com 2Gb de RAM e disco acelerado por SSD suporta com tranquilidade essa quantidade de acessos, com espaço para crescer. Experimente entrar em contato com eles antes de contratar para discutir suas necessidades, e logo vai notar que o serviço é muito diferenciado!

  3. Abdo Abdala

    Olá Alex, ótima discussão e sugestão esta sua. Mas agora fiquei na duvida. E gostaria da sua ajuda e opinião. Eu hoje utilizo o serviço da name.com é compartilhado, não é um VPS. Uso o WordPress com w3tc e amazon cloudfront. A questão é migrar para um serviço wiredtree eu teria ganho de perfomance no meu site ? uma vez que tudo acaba ficando em cache da amazon ? ou pelo menos grande parte. Qual sua sugestão e opinião sobre isso ? Meu site tem poucos acessos ainda .. tipo 1000 por mes. Obrigado Abdo

    1. Alex

      Olá, Abdo! Como você está servindo o site quase todo estático via CloudFront, não vai fazer diferença para o visitante caso migre para um VPS. Com a quantidade de acessos que tem no momento, recomendo que continue ainda com a estrutura atual! É mais eficiente em custos. No futuro, com mais acessos, vai valer a pena partir para a WiredTree e usufruir de toda a velocidade, estabilidade e suporte que os serviços deles propiciam!

  4. embarcandoadois

    Olá, boa tarde! É mais benéfico eu usar a própria hospedagem e domínio que o wordpress oferece por 99 doláres, ou compensa eu dar uma olhada em hospedagem da uol host? Sou um site sobre dicas de viagens e futuramente busco por parcerias..

    1. Alex

      Para um blog profissional, como é o seu caso, é sempre recomendável já ter sua própria hospedagem e ter controle de um domínio. Dê uma olhada nos planos da HostGator, que começam bem baratos e oferecem o painel cPanel, que facilita muito o gerenciamento e migração do site caso seja preciso! Seja como for, mais uma vez: blog profissional = hospedagem profissional. A liberdade de poder usar temas e plugins, modificar o site e veicular anúncios da forma como quiser faz valer toda a pena o pequeno trabalho inicial de configurar o WordPress.

Deixe um comentário