Um post recente no blog de segurança do Google deixou claro aquilo que já vinha sendo de certo modo previsto há alguns meses: o navegador Chrome passará a considerar qualquer site que não use criptografia HTTPS como inseguro.

Recentemente, todos os sites que submetem informação textual (como logins, formulários, etc) sem criptografia já estavam gerando o aviso de “não seguro” no navegador; a partir de Julho de 2018, esse aviso passará a ser exibido simplesmente se o visitante acessar um site em HTTP, como mostra a imagem publicada no blog oficial:

Tratamento dado pelo Chrome para sites que não usam certificado de segurança: aviso de “não seguro” passará a ser universal

Segundo o Google, os desenvolvedores têm feito grande progresso em direção a uma web mais segura. Desde o último ano, os dados são animadores:

  • Mais de 68% do tráfego do Chrome, tanto no Android quanto no Windows, estão protegidos
  • Mais de 78% do tráfego no Chrome OS e no Mac estão protegidos
  • 81 dos 100 principais sites da web usam HTTPS por padrão

A batalha contra o tráfego inseguro agora ganha novas proporções. Segundo a Net Marketshare, o Chrome é usado por nada menos que 61% dos usuários. Com isso, ao marcar como “não seguros” os sites sem HTTPS, o navegador na prática faz com que os usuários não confiem mais em sites que não usam o protocolo de segurança.

Como cereja do bolo, segundo vários especialistas, o Google já está penalizando sites sem HTTPS nos resultados de busca. Isso quer dizer que, com o tempo, sites considerados inseguros serão completamente ignorados pelo maior buscador da Internet. Isso, somado à desconfiança dos usuários que verão o alarmante aviso no Chrome, fará com que sites sem o famoso “cadeado” sejam completamente esquecidos e desapareçam da Internet.

Se o seu site ainda não usa um certificado de segurança SSL, é crucial resolver isso o mais rápido possível. Como você pode ver, daqui a alguns meses os seus visitantes vão exigir que seu site seja considerado seguro pelo navegador – mesmo que não seja um comércio eletrônico ou lide com informações pessoais.

Várias empresas vendem certificados SSL, com preços variando entre R$223,99/ano e R$479,99/ano, a depender da categoria.

Se o seu site está hospedado na BlogLite, você não tem com o que se preocupar (e nem precisa gastar) – todos os planos incluem certificado SSL gratuitamente. É a nossa forma de fazer parte dessa iniciativa global por uma Internet mais segura – um site de cada vez!